Lista Forbes das 100 Mulheres Poderosas do Agro

Atualizado: 18 de out. de 2021

Mulheres de destaque estão por toda parte. Cada vez mais, elas têm ocupado espaços importantes na sociedade. E no agronegócio não é diferente. Hoje (15) é Dia Internacional da Mulher Rural, instituído pela ONU (Organização das Nações Unidas) em 1995 com o intuito de elevar a consciência mundial sobre a importância dessa figura feminina como protagonista nas mudanças econômicas, sociais, ambientais e políticas. A Forbes Brasil aproveita a data para lançar sua primeira lista “100 Mulheres Poderosas do Agro”, com nomes que estão transformando diferentes segmentos do setor.

Na lista, a Forbes procurou selecionar representantes do movimento de mudança no campo. Por meio delas, o objetivo é homenagear as demais mulheres que atuam no agronegócio – mesmo que o trabalho seja realizado a partir das cidades.

Para chegar aos 100 nomes, fomos a campo pesquisar, perguntar, buscar orientação de lideranças e também resgatar informações de reportagens especiais. São mulheres que se destacam em diferentes setores do agronegócio: elas estão presentes na produção de alimentos de origem vegetal e animal, na academia, na pesquisa, nas empresas, em foodtechs, em consultorias, em instituições financeiras, na política, nas entidades e nos grupos de classe e, mais do que nunca, nas redes sociais.


Confira a seguir, listadas em ordem alfabética, quem são elas:



1 – Ana Carolina Gomes, mestre em desenvolvimento regional e agronegócio, é a coordenadora do Programa Café + Forte. A iniciativa foi criada em 2016 pela FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais), onde é analista, em parceria com a cooperativa Sicoob Crediminas. No mais importante estado produtor do grão, sua missão é ajudar os agricultores a gerenciarem melhor as propriedades, por meio de transferência de tecnologias.



2 – A gaúcha Ana Doralina Alves Menezes é médica veterinária especializada em ciência e tecnologia do alimento. Faz parte da equipe da Associação Brasileira de Angus desde 2003. Começou como certificadora de desossa em frigoríficos e hoje é uma das maiores especialistas em cortes de carne. Não por acaso, em 2019 ela se tornou gerente nacional do Carne Angus Certificada, o maior programa do país que monitora e certifica carne premium.



3 – Aline Maldonado Locks é engenheira ambiental e CEO da Produzindo Certo, empresa de gestão e monitoramento socioambiental que presta assistência a 2.580 propriedades rurais, custeada por grandes empresas do agronegócio que desejam se conectar mais fortemente às suas cadeias de fornecimento. São 6,3 milhões de hectares monitorados. A Produzindo Certo nasceu em 2019 e tem na sua origem a ONG Aliança da Terra, entidade na qual Aline começou a trabalhar em 2008.