Vice-líder do returno, Inter aposta em histórico contra times do Z-4 na corrida por vaga à Libertado

Colorado venceu cinco dos sete confrontos diante dos quatro piores do Brasileirão até o momento

Motivado pela vitória no Gre-Nal por 1 a 0 no final de semana, o Inter encara o Juventude nesta quarta-feira para dar mais um passo na luta por uma vaga à próxima edição da Libertadores. Em segundo lugar no returno do Brasileirão, o grupo de Diego Aguirre busca manter a invencibilidade contra os times da zona de rebaixamento na competição.

O Colorado até o momento já disputou sete partidas contra os atuais quatro piores colocados do torneio – o duelo no Alfredo Jaconi será o último contra equipes da rabeira da tabela. E se num passado recente o time ganhou fama por "ressuscitar" adversários, nesta edição tem confirmado o favoritismo.


O Inter venceu cinco partidas e empatou duas contra os times do atual Z-4, o que representa um aproveitamento de 80,95%. O mais recente justamente no sábado, quando superou o maior rival com o gol de Taison, que aproximou o Grêmio do terceiro descenso.

Inter x times do Z-4

  • Inter 2 x 2 Sport

  • Chapecoense 1 x 2 Inter

  • Grêmio 0 x 0 Inter

  • Inter 1 x 0 Juventude

  • Sport 0 x 1 Inter

  • Inter 5 x 2 Chapecoense

  • Inter 1 x 0 Grêmio

Os dois empates ocorreram no primeiro turno. Na estreia, ainda sob o comando de Miguel Ángel Ramírez, quando ficou no 2 a 2 com o Sport e, já com Aguirre de técnico, o 0 a 0 no clássico da Arena. São quatro vitórias seguidas contra os "rebaixáveis". A sequência começou, curiosamente, diante do Juventude, com vitória por 1 a 0 no primeiro turno.

O novo confronto contra o Juventude será mais um duelo gaúcho e o segundo seguido contra times do Z-4. Mas apesar da situação delicada do time de Caxias do Sul, a exemplo do Grêmio, Diego Aguirre cobra foco de sua equipe. O técnico sabe que será difícil repetir o nível de atuação e concentração exibido no Gre-Nal, mas ressalta a importância de uma vitória para o objetivo de levar o Inter à Libertadores.

– Se conseguirmos jogar com a mesma intensidade e atitude seria algo espetacular. É difícil. A motivação de um Gre-Nal é diferente. Isso não vai mudar, é algo desde sempre. São jogos diferentes. Mas temos que nos cobrar, estar focados no próximo jogo. Se perdermos, serão os mesmo três pontos e a vitória de hoje (Gre-Nal) não serve tanto. Temos que confirmar no próximo – disse o treinador.


Além da motivação extra pós-Gre-Nal, o Inter chega a Caxias do Sul embalado pelo bom rendimento no segundo turno do Brasileirão. O Colorado fez 20 dos 33 pontos disputados até então e é o vice-líder da segunda metade do campeonato. O aproveitamento é de 60,6%, desempenho só abaixo do Atlético-MG, líder geral e que tem 23 no mesmo número de partidas e 69,7%.

O Juventude, ao contrário, não vive um bom momento. Desesperado para sair do Z-4, o time é o lanterna do returno, com apenas sete pontos conquistados. A equipe de Caxias do Sul não ganha há sete partidas, desde quando aplicou 3 a 0 no Santos, em 26 de setembro.

Classificação do returno do Brasileirão

  1. Atlético-MG - 23 pontos

  2. Inter - 20

  3. Flamengo - 19 (saldo 8)

  4. América-MG - 19 (saldo 5)

  5. Corinthians - 19 (saldo 4)


O Inter ainda conta com uma supremacia recente diante do rival da Serra. Outrora “touca”, o Juventude tem sofrido nos confrontos diretos com os colorados. O Inter venceu sete das últimas 10 partidas , com um empate e apenas duas derrotas no período.

Juventude x Inter será disputado nesta quarta, às 21h30, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. O duelo é válido pela 31ª rodada do Brasileirão. O time de Aguirre está em sétimo lugar com 44 pontos, a três do Corinthians, o sexto na tabela, e cinco do Bragantino, que fecha o G-4. A equipe de Jair Ventura aparece em 18º, com 30.


Fonte: https://ge.globo.com/rs/futebol/times/internacional/noticia/vice-lider-do-returno-inter-aposta-em-historico-contra-times-do-z-4-na-corrida-por-vaga-a-libertadores.ghtml