Saúde vai zerar demanda reprimida de exames de imagem: Prefeitura vai investir R$ 1 milhão na ação



O prefeito Carlos Souza e o secretário municipal de Saúde, Claudio Paranhos, anunciaram na tarde desta segunda-feira, 7 de fevereiro, uma das principais ações da área nestes últimos anos: zerar a demanda reprimida de exames em Torres. A Prefeitura investirá R$ 1 milhão na iniciativa. Serão beneficiados 6 mil pessoas, toda demanda existente na fila de exames de imagem.

Conforme o prefeito, estamos dando mais um importante passo na área da Saúde. “Com a ampliação na oferta de exames, nosso objetivo é garantir o acesso da população aos mais diversos tipos de procedimentos. Vamos seguir com investimentos importantes para levar qualidade de vida aos torrenses”.

Desta demanda total de 6 mil, 4 mil pessoas necessitam de exame de Raio X e Ecografias. São Raio X de todas partes do corpo e Ecografias são 11 tipos diferentes. Os pedidos em maior número são para Colonoscopia, Endoscopia, Ressonância Magnética, Tomografia, Mamografia e Eletroneuromiografia.

Pensar na saúde da população de Torres sempre foi uma prioridade, diz o secretário Paranhos, salientando que encontram-se na fila de espera, alguns exames que são de responsabilidade do Estado, mas devido a responsabilidade social da cidade com os seus moradores, a Prefeitura vai investir nestes também. Ele explica ainda que a ação não engloba os exames laboratoriais porque a demanda está em dia. “São atendidos todos no tempo solicitado”.

Para a execução da iniciativa, a Secretaria de Saúde fará contato com todos os pacientes que estão à espera dos exames, para agendamento imediato mediante disponibilidade dos fornecedores. É importante que as pessoas mantenham seus dados atualizados nas Unidades de Saúde para agilizar o processo. Não é preciso o usuário da rede pública municipal de Saúde procurar por esta prestação de serviço. A Secretaria vai fazer o chamamento, por meio do fone deixado para contato pelo paciente.

0 visualização0 comentário