Preso em Mostardas casal que furtou carro encontrado submerso na orla de Capão da Canoa

Dupla, que abandonou carro na praia em 16 de outubro, já estava com outro veículo furtado

A Brigada Militar informa que prendeu na segunda-feira (1º), em Mostardas, no Litoral Norte, um casal envolvido no furto de um veículo Mercedes Benz Classe A encontrado parcialmente submerso à beira do mar da praia de Capão da Canoa no dia 16 de outubro. A dupla estava com outro carro furtado quando foi abordada na RS-101. O homem teria assumido as duas ocorrências e, por isso, ele segue detido e a mulher foi liberada.


De acordo com o comando da BM na região, o casal estava trafegando na rodovia, na altura do quilômetro 206, quando foi abordado. Foi confirmado que se tratava de um veículo Fiat Cronos furtado em Criciúma, no sul de Santa Catarina, no dia 20 de outubro, quatro dias depois do Classe A ter sido encontrado parcialmente submerso na areia de Capão da Canoa.


Os dois foram encaminhados para depoimento na Delegacia de Pronto Atendimento (DPPA) de Tramandaí.

O casal tem ligação com duas cidades próximas de onde o carro foi furtado. O homem, que tem 34 anos, natural de Lauro Muller (SC), teria confessado a autoria dos crimes e por isso a mulher, que tem 38 anos e é natural de Orleans (SC), foi liberada. De acordo com a BM, eles são investigados por ocorrências envolvendo estelionatos. Eles estariam passando alguns dias em uma pousada na região de Mostardas. O casal não tinha dinheiro e também não tinha celulares. O homem teve a oportunidade de pagar fiança, um valor de R$ 5 mil, mas como não tem condições financeiras, segue detido. A Polícia Civil instaurou inquérito e vai apurar o caso. Por enquanto, ainda não foram repassados mais detalhes sobre o que ocorreu com o carro encontrado parcialmente submerso na orla gaúcha. A investigação, em princípio, não descarta que os ladrões estavam tentando obter dinheiro no Estado aplicando golpes e revendendo veículos furtados. Os nomes deles não foram divulgados pela polícia.


Golpe em idosos

O Classe A foi retirado do mar em 18 de outubro com o auxílio de uma retroescavadeira, dois dias depois de ter sido encontrado na beira da praia de Capão da Canoa. A polícia apurou que ele havia sido furtado em Torres de um casal de idosos no dia 13 do mês passado. Eles teriam sido vítimas da dupla detida em Mostardas.

Durante a investigação, se constatou que os estelionatários realizaram um furto mediante golpe. Segundo a polícia, os criminosos alugaram uma casa dos idosos, alegando que estavam realizando uma obra em Torres, e pediram o veículo empresado e mais R$ 2 mil para visitar a suposta construção. Depois disso, não retornaram mais. O veículo não tinha seguro e a ideia dos proprietários agora é revendê-lo.


Fonte: https://gauchazh.clicrbs.com.br/seguranca/noticia/2021/11/preso-em-mostardas-casal-que-furtou-carro-encontrado-submerso-na-orla-de-capao-da-canoa-ckvi4dunt001r017fyzwv4ox0.html

0 visualização0 comentário