O Guia Estético de Insetos e Plantas da Mata Atlântica remanescente em Maquiné (RS)

Atualizado: 9 de dez. de 2021



Livro oportuniza às crianças interações com a Arte da Natureza

Que tal apoiar a impressão de um guia de arte e natureza para crianças, com fotografias e informações sobre insetos e plantas que fazem parte da biodiversidade da Mata Atlântica remanescente em Maquiné (RS)?


O Guia Estético de Insetos e Plantas da Mata Atlântica para Crianças faz parte do projeto Arte e Natureza para os Pequenos lançado pela plataforma Catarse. É uma iniciativa da artista plástica e fotógrafa Camila Hein, com desenhos de Juliana Charnaud (Studio Criando), versão em libras do Instituto LADD, consultoria ambiental de Insetos do Brasil, identidade visual de Nativu Design e serigrafia artesanal da Nature Serigrafia. Sua primeira versão foi uma produção digital distribuída gratuitamente, disponível aqui.


O livro busca aproximar crianças (e adultos) e natureza, por meio de “formas, texturas e cores”. De forma lúdica, a artista captou em fotografias a beleza de insetos e de plantas, apresentando seres normalmente tão despercebidos, quanto importantes para a biodiversidade da Mata Atlântica. A Campanha do projeto de financiamento coletivo no Catarse termina em 11 de dezembro. Para apoiar e obter o livro impresso, bem como outras recompensas, basta acessar o link aqui.

Para a autora, “é muito importante pensarmos nas crianças e nos insetos, porque são os mais sensíveis e os primeiros que precisam de espaço e uma série de coisas para poderem existir...” o projeto, portanto, é um “convite para olhar para os pequenos, esses seres que precisam de muito cuidado e de nós... e as crianças têm direito à biodiversidade, direito à beleza e direito ao encantamento”.

As recompensas


A partir de R$ 10, já é possível contribuir para o projeto acontecer. Entre as recompensas, além do livro, tem uma versão superdivertida em libras; camisetas com imagens do livro; oficinas online de libras para adultos, ou para crianças; oficinas online de arte e natureza para pais e educadores; oficinas presenciais para crianças de cinco a dez anos de idade, em Maquiné; e saídas de campo fotográficas, de um dia, na Mata Atlântica de Maquiné. A proposta inclusiva terá versão em Libras, além de apoiar a economia local, com parceiros regionais alinhados com questões sociais e ambientais. Sua primeira versão foi uma produção digital distribuída gratuitamente, disponível aqui.

Quanto à versão em libras, Camila defende o acolhimento à diversidade da vida: “...porque existe a diversidade e devemos pensar que a questão da biodiversidade é justamente uma diversidade de vida. A diversidade faz parte da natureza, e a perda da biodiversidade também é uma perda estética”.


Projeto beneficiará também a educação local

A partir de 35mil reais arrecadados, serão doados 200 exemplares para as bibliotecas públicas dos municípios de participação na campanha;

A cada 5 livros que forem financiados na campanha como recompensa por moradores da cidade de Maquiné, se a campanha der certo, um livro será doado para as escolas locais.

6 visualizações0 comentário