Botos encantam pescadores e veranistas em Imbé

Felipe Faleiro - Correio do Povo



Foto: Mauro Schaefer

A manhã do sábado de Carnaval foi de tempo firme, temperatura alta e presenças ilustres nas águas de Imbé. Os conhecidos golfinhos marcaram presença, arrastando com eles os cardumes, fazendo a alegria de pescadores e veranistas. Encantadores, eles passeiam pelo Rio Tramandaí, criando um espetáculo natural único.

A do lar Magda de Jesus e seu filho, o estudante Otávio de Jesus, são de Tramandaí. O jovem, em breve, sairá para estudar engenharia florestal em Frederico Westphalen, na região Norte gaúcha. "Estamos aproveitando as férias dele. Ele já havia estudado em São Leopoldo. A gente sente bastante, mas precisamos sempre caminhar para um futuro melhor. É só quatro anos e ele estará de volta", disse Magda. Sobre o dia na praia, eles comentaram que estavam satisfeitos com o clima. "Achamos que ia chover. Com esse tempo, melhor impossível", disse a do lar. "Os golfinhos sempre aparecem aqui. Eles tem até nome", afirmou Otávio.

O casal de comerciantes Mário Dartora e Carmem Adolpho, de Porto Alegre, aproveitou a manhã do sábado próximo à barra do rio. Eles estão com um grupo de conhecidos, um total de cerca de 10 pessoas, em busca de capturar peixes, como papa-terra, tainha, sardinha e anchova. Eles e diversos outros pescadores aproveitaram para tarrafear, ou seja, pescar com armadilhas. "Estou de folga neste final de semana. Temos casa em Imbé há 24 anos. Isto aqui é muito prazeroso para nós, vir aqui e ficar observando", disse Mário. Ele conta que está percorrendo o litoral comercializando rações, como parte de seu trabalho. "Um dia, logo que me aposentar, quero me mudar para cá".


Apesar do nível do rio estar mais baixo, os botos fizeram a festa, subindo e descendo. Os veranistas, por sua vez, podem seguir aproveitando a beira da praia até, pelo menos, até a próxima segunda-feira, quando o tempo promete virar no Litoral e a chuva deve se fazer presente.

0 visualização0 comentário