AMBIENTE NO LITORAL NORTE – PARTE VIII



Quem nos acompanhou nos 7 tópicos anteriores, viu que há poluição em todo o mundo, como temos muita poluição de ponta a ponta no Litoral Norte.

No entanto, mostramos duas experiências com a reciclagem de lixo em Tavares e Mostardas. Vamos repassar cidade por cidade.

Acordos internacionais como o Protocolo de Kyoto determinam uma cota máxima de GEE – Gases de Efeito Estufa - que os países desenvolvidos podem emitir. Aí surgiu a possibilidade do mercado de Créditos de Carbono ou Redução Certificada de Emissões (RCE), que são certificados emitidos para uma pessoa ou empresa que reduziu a sua emissão de gases do efeito estufa (GEE).

Vamos em breve voltar a este tema, porque já encomendamos uma matéria técnica sobre a instalação dos AEROGERADORES na região, para a produção desta importante

emergia, a eólica.

A seleção, separação de resíduos sólidos, sua coleta e efetiva reciclagem geram créditos de carbono?

Os créditos são gerados a partir das notas fiscais da comercialização dos resíduos pelas cooperativas. Estamos buscando mais dados, já apelando para técnicos nos ajudarem, para que possamos informar mais e melhor os moradores e gestores do Litoral Norte do Rio Grande do Sul.

Sigam-nos!

Mantenham contato!

2 visualizações0 comentário